A elevação nas suas atividades

O Strava usa diferentes métodos para calcular o ganho de elevação.

Como a elevação é calculada

É importante lembrar que os dados de elevação de qualquer fonte (altímetros barométricos, sinais de GPS e bancos de dados) estão sujeitos a erros e que o valor de ganho de elevação de uma atividade é uma estimativa. No que nos diz respeito, estamos trabalhando continuamente para melhorar os conjuntos de dados e algoritmos relacionados aos dados de elevação.

A elevação em um segmento. Os segmentos são sempre criados a partir de uma atividade do Strava e, consequentemente, têm certas características dessa atividade.

  • Se a atividade original foi gravada por um dispositivo GPS com um altímetro barométrico, o segmento usará os dados barométricos registrados por aquele dispositivo.
  • Se a atividade original não foi gravada por um dispositivo barométrico, ou se um administrador do Strava reconstruiu a elevação para o segmento, os dados de GPS serão cruzados com o mapa de base de elevação do Strava para encontrar a elevação.

A elevação nas páginas de atividade será calculada de uma das duas maneiras: cruzando os dados do GPS com os de um banco de dados ou usando os dados barométricos do arquivo original.

  • Dispositivo com um altímetro barométrico:  Se o dispositivo GPS usado para gravar sua atividade tiver um altímetro barométrico, o Strava usará os dados de elevação do arquivo original. Os dados são ajustados (no jargão técnico, "suavizados"), o que inclui descartar valores discrepantes para reduzir o ruído. A quantidade de "suavização" é menor em atividades com dados barométricos do que em atividades sem dados barométricos. Se o seu dispositivo tem um altímetro barométrico, mas o seu ganho de elevação está sendo recalculado, consulte as perguntas frequentes
  • Dispositivo sem um altímetro barométrico e o aplicativo Strava para celular: Se a sua atividade foi gravada com o aplicativo para celular ou com um dispositivo GPS que não tem um altímetro barométrico, o Strava usará os dados de GPS da sua atividade para "verificar" a elevação para cada ponto registrado. Também neste caso realizamos um ajuste dos dados, eliminando anomalias para reduzir o ruído. A quantidade de ajustes ("suavização") é maior em atividades sem dados barométricos do que em atividades com dados barométricos. Mesmo se tentarmos ter certeza de que a rota da sua atividade coincide com as trilhas e estradas realmente presentes na sua área, o cálculo da elevação ainda depende muito dos dados de GPS e da precisão do banco de dados para a área em questão. Se você tiver alguma dúvida ou comentário sobre os dados de elevação de suas atividades, informe-nos preenchendo este formulário. Note que suas respostas às perguntas podem ser usadas para melhorar o mapa de base de elevação ou corrigir quaisquer problemas e que você pode não receber nenhuma resposta direta nossa.

O ganho de elevação em uma rota. O Criador de rotas do Strava usa o nosso próprio banco de dados para calcular os dados de elevação. Os dados de GPS para a rota são cruzados com este banco de dados no cálculo do ganho de elevação.

Os detalhes

Bancos de dados de elevação

No passado, para estabelecer a diferença de elevação de cada ponto da atividade, consultávamos os bancos de dados de elevação públicos. A resolução desses bancos de dados variava de acordo com a localização e não fomos capazes de controlar os muitos erros relatados. Agora temos um serviço de controle de elevação que é possível graças aos dados fornecidos pela comunidade Strava. Cada atividade que é carregada de um dispositivo com um altímetro barométrico é usada para criar o mapa de base de elevação Strava.

Para compensar a variabilidade intrínseca dos dados de GPS, usamos um algoritmo que garante o "controle" da diferença de elevação da estrada ou trilha em que você estava realmente. A linha vermelha que você vê na imagem abaixo é um exemplo de dados de GPS que se desvia da trilha real (em azul). Nosso algoritmo identificou este deslocamento e usará os dados de elevação representados pela linha azul em vez dos dados de GPS reais ligeiramente "deslocados".

Limitações do mapa de base de elevação Strava

Pode acontecer do mapa de base não ter dados disponíveis para parte ou a totalidade da sua atividade. Neste caso, usaremos os bancos de dados públicos para verificar os dados de elevação, embora uma rede de estradas muito densa ou um GPS de baixa qualidade possam nos impedir de escolher os pontos de referência corretos no mapa de base ou nos bancos de dados públicos.

Altímetros barométricos

Os altímetros barométricos determinam a altitude medindo a pressão atmosférica. As medições podem ser afetadas por mudanças nas condições climáticas ou pelo bloqueamento dos orifícios dos sensores por água ou outros detritos. Os fabricantes de dispositivos também podem indicar alguns procedimentos básicos de calibragem, por exemplo, dispositivos Garmin com altímetros barométricos permitem que você defina um certo número de pontos de elevação manual para que, ao iniciar uma atividade perto de um ponto de elevação, o dispositivo use o diferença de altitude conhecida como ponto de partida. Para verificar os procedimentos de calibragem aconselhamos que consulte o manual do seu aparelho. Geralmente consideramos que os dados de altímetros barométricos apresentam qualidade superior à dos dados derivados de sinais de GPS e por isso a nossa preferência pelos primeiros quando processamos as atividades.

Problemas típicos de dispositivos barométricos

O perfil de elevação ao longo do tempo parece sofrer flutuações. Isso pode acontecer com altímetros barométricos devido a mudanças nas condições climáticas (por exemplo, o aumento ou a queda da pressão atmosférica faz com que a medição seja feita pelo altímetro como se estivesse em uma altitude mais baixa ou mais alta).

Problemas conhecidos e terrenos difíceis

  • A atividade apresenta áreas onde a diferença de elevação é zero ou é extremamente linear. Isso pode acontecer ao cruzar uma ponte ou em uma área onde não há cobertura. Os litorais podem ser particularmente problemáticos. O que fazemos é tentar compensar as lacunas de dados por interpolação, que depende de onde os dados perdidos começam e terminam.
  • O perfil de elevação tem algumas subidas mas o ganho de elevação é muito pequeno. Nós "suavizamos" os dados antes de calcular o ganho de elevação e, com base nos dados resultantes, é possível que as mudanças de elevação não atinjam um grau que exceda o limite que usamos para determinar se você ganhou ou não elevação.
  • O perfil de elevação tem algumas subidas, mas o ganho de elevação é muito acentuado. Isso geralmente ocorre com atividades registradas em áreas montanhosas fora dos Estados Unidos. A resolução dos conjuntos de dados pode ser grosseira e o perfil pode ser mais errático do que deveria ser, mesmo com intervenções de interpolação e suavização. Às vezes, os conjuntos de dados são tão grosseiros que é como tentar obter a linearidade do perfil de elevação em um modelo de sua área feito com blocos Lego. Estas irregularidades podem exceder o limite no cálculo do aumento de elevação e o aumento total relativo gerados pelas irregularidades pode ser maior do que o aumento percebido no percurso.

Desafios de elevação do Strava

O Strava organiza uma grande série de desafios para seus atletas, alguns dos quais têm metas de ganho de elevação ou escalada. Graças à grande visibilidade das classificações desses desafios, os erros relativos à diferença de elevação surgem mais claramente do que de costume. Conforme explicado acima, existem muitas variáveis ​​incontroláveis ​​que podem influenciar o cálculo do ganho de elevação. Estas variáveis ​​podem produzir valores excessivamente altos, principalmente se a atividade ocorrer em uma região fora dos Estados Unidos, na serra ou no litoral. Se você notar uma atividade em que os dados de ganho de elevação estão incorretos, por favor, não a sinalize; na maioria dos casos, isso se deve simplesmente à baixa resolução do banco de dados, sobre a qual o atleta não tem controle.

Clique aqui para ver as Perguntas frequentes

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 612 de 638
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

0 comentário

Artigo fechado para comentários.