Ritmo ajustado à inclinação (RAI)

Os membros do Summit que tenham acesso ao Pacote de treino podem comparar facilmente o esforço realizado em subidas, descidas e terrenos planos com a análise de Ritmo ajustado à inclinação (RAI).

O que é o RAI?

O Ritmo ajustado à inclinação pondera a inclinação do terreno das suas corridas e faz a estimativa do ritmo correspondente em terreno plano. Visto que correr em subidas exige mais esforço, o Ritmo ajustado à inclinação em subidas será mais elevado do que o ritmo normal. Do mesmo modo, quando correr em descidas, o Ritmo ajustado à inclinação terá tendência para ser mais reduzido do que o ritmo real.

A diferença entre o RAI e o ritmo real torna-se normalmente mais acentuada à medida que a inclinação aumenta. Os dados de atletas têm revelado que o ajuste de descida atinge um máximo perto dos -10% e que se torna ligeiramente menos extremo depois deste valor. Tenha em atenção que o RAI não tem em consideração a dificuldade técnica ou as condições do terreno. Saiba mais sobre como se determina o modelo RAI com dados reais aqui.

Onde encontrar

O RAI está disponível tanto no site como na aplicação do Strava. Poderá ver o RAI nos seguintes locais:

  • Em todas as corridas, o RAI é representado num gráfico referente a toda a atividade, no ecrã de análise, e é demonstrado como média geral.
  • Em corridas com inclinações, o RAI médio será também indicado como uma estatística da atividade principal e de cada parcial.

Portuguese.jpg Portuguese__1_.jpg

Este artigo foi útil?
Utilizadores que acharam útil: 203 de 203
Tem mais dúvidas? Submeter um pedido

Comentários

0 comentário

Artigo fechado para comentários.