Resolução de problemas de GPS

O GPS é um sistema usado para precisar a sua localização, recorrendo a sinais emitidos por um conjunto de satélites em órbita. O sistema GPS está no chip do seu iPhone assim como nos satélites que sobrevoam a Terra.

  • Exemplos de problemas de GPS
  • Definir uma posição inicial de GPS
  • Medidas a tomar para resolução de problemas
  • Desempenho variável

Exemplos de problemas de GPS

Se tiver alguns dos problemas referidos abaixo, a sua atividade pode reportar uma distância diferente da que realmente percorreu e, infelizmente, não nos é possível "preencher" os dados em falta ou modificar os dados existentes. Felizmente, há mais medidas para impedir que dados incorretos de GPS sejam registados do que há para corrigir o problema. Consulte os passos de resolução de problemas listados neste artigo para impedir que problemas semelhantes ocorram no futuro.

  • Desvio de GPS: o registo do GPS desvia-se do caminho que está a percorrer. Pode ver que o caminho percorrido segue a forma de uma estrada, mas com muito menos precisão.
  • Sinal de GPS perdido: se o sinal de GPS se perder e, mais tarde, for recuperado, os pontos de sinal pré e pós-perda serão tratados como outros dois pontos quaisquer (embora mais tempo tenha passado entre eles) e os mesmos serão ligados por uma linha reta.
  • GPS intermitente: um sinal de GPS intermitente pode fazer com que a sua atividade reporte mais distância do que aquela que realmente percorreu, visto que cada "ziguezague" do sinal GPS foi registado com uma linha reta a ligar esses pontos.

Definir uma boa posição inicial de GPS

Para ter um arranque rápido e um cálculo de posição preciso, deve:

  • Estar num local com boa visibilidade para o céu. Todos os obstáculos entre o telefone e o céu podem afetar negativamente a força do sinal. Uma árvore grande é um obstáculo óbvio, mas mesmo uma bolsa ou uma mochila podem causar problemas para sinais com muito pouca força.
  • Dar tempo para que o dispositivo sintonize com os sinais emitidos pelos satélites. Para melhorar o tempo de obtenção de sinal, mantenha o dispositivo imóvel e certifique-se de que a comunicação de dados do dispositivo está ativa. Desta forma, o GPS do telefone recebe informações sobre a sua localização aproximada. Em algumas situações, mesmo com céu limpo, pode levar alguns minutos até obter uma posição inicial.

Medidas a tomar para resolver problemas de GPS em dispositivos iOS

  1. Ligue/desligue o seu telefone.
  2. Ligue/desligue os serviços de localização.
  3. Feche todas as outras aplicações antes de começar a gravar uma atividade. Se abrir outra aplicação durante a atividade, volte depois ao Strava.
  4. Certifique-se de que o telefone não está ligado a uma rede WiFi antes de iniciar a atividade.
  5. Abra o Strava quando tiver boa visibilidade e não houver obstáculos entre o telefone e o céu. Aguarde mais alguns minutos do que o normal antes de iniciar a atividade, mesmo que veja uma mensagem a dizer "Sinal de GPS obtido".
  6. Reiniciar o sistema GPS:
    1. Toque duas vezes no botão principal. Desta forma, irá ter acesso a imagens de todas as aplicações em execução. Deslize os ecrãs de todas as aplicações para cima para as fechar.
    2. De seguida, aceda às Definições e ative o Modo de voo.
    3. De seguida, aceda a Definições > Geral > Repor > Repor as definições de rede (terá de reintroduzir as palavras-passe de redes WiFi!)
    4. Assim que o telefone tiver sido reiniciado, aceda aos serviços de localização nas Definições, desative-os e volte a ativá-los.
    5. De seguida, aceda a Definições > Privacidade > Serviços de localização > Serviços do sistema e desative a opção Definir fuso horário.
  7. Alguns dispositivos podem ter aplicações instaladas que desativam os serviços GPS ou encerram aplicações a correr em segundo plano para tentar reduzir a utilização da bateria e melhorar o desempenho do sistema. Algumas das aplicações que se encontram nesta categoria são a "Advanced Task Killer" e a "Juice Defender". Desative ou ajuste as definições destas aplicações para permitir que o Strava receba informações de GPS durante longos períodos de funcionamento em segundo plano.
  8. Passos finais
    1. Experimente usar a aplicação Strava para gravar durante 10 minutos, permitindo que esta procure por sinais com boa visibilidade para o séu, e mantendo o dispositivo totalmente imóvel.
    2. Se a localização não for precisa, confirme se o GPS funciona noutras aplicações. É melhor usar outra aplicação de fitness e não uma aplicação de navegação como o Google Maps, Waze ou Apple Maps. As aplicações de navegação usam torres de sinal telefónico para registar a sua posição em estradas ou trilhos conhecidos e, como tal, podem dar-lhe a ilusão de que o sinal de GPS está a funcionar perfeitamente. O Strava e muitas outras aplicações de fitness não recorrem a torres de sinal, simplesmente usam o GPS para o localizar. Como tal, é possível que o Strava tenha dificuldades em localizá-lo, mas outras aplicações de navegação não.

Desempenho variável

O sistema de GPS está no chip do seu dispositivo assim como nos satélites que sobrevoam a Terra. Como tal, mesmo que o dispositivo esteja no mesmo local e com as mesmas definições que antes, pode apresentar um comportamento diferente de um dia para o outro. Tipicamente, o dispositivo precisa de receber sinais de 5 satélites para obter dados precisos sobre a sua localização. Com a alteração das posições dos satélites, dos padrões meteorológicos e com as alterações naturais da atmosfera exterior da Terra, existem aspetos do sistema GPS que estão fora do nosso controlo e observação, o que torna difícil retirar conclusões sobre o que está especificamente a provocar problemas de desempenho. Recomendamos que experimente todas as sugestões referidas acima antes de formar uma opinião sobre qual a melhor forma de trabalhar com o GPS do seu dispositivo.

Este artigo foi útil?
Utilizadores que acharam útil: 42 de 84

Comentários

0 comentário

Artigo fechado para comentários.